Compras sem impostos perto de NYC e Boston

Pheasant Lane Mall em New Hampshire – Crédito: Divulgação

Nos Estados Unidos, quando vemos um produto na prateleira e tem o seu valor exposto aquele é o preço sem o imposto cobrado naquela região. Quando vamos ao caixa pagar, o imposto, que gira entre 6% e 10%, é colocado na conta e pagamos o valor final do produto. Assim, todo mundo sabe quanto de taxa pagou.

O valor do imposto depende muito da região. Até hoje eu não entendi direito se varia a cada condado ou cidade, mas, enfim, na maioria dos Estados há a cobrança. Em alguns, como no Texas, o turista pode fazer o reembolso das taxas de alguns produtos. Eu já usei, funciona, mas só compensa mesmo se comprar bastante. Mas, o que muita gente não sabe é que tem Estados que não cobram impostos.

Não espere que lugares Nova York ou Flórida não cobre imposto, são Estados não muito populares para os brasileiros que fazem isso. Na minha última viagem, saí de Nova York de carro rumo ao Canadá. Rodrigo, meu noivo, queria comprar um iPad e um iPhone. Pesquisando, descobri que na volta do Canadá para NYC outra vez, poderíamos passar pelo Estado de New Hampshire que, olha que lindo, não tem imposto.

Como New Hampshire estava no caminho, pesquisamos onde tinha loja da Apple e descobrimos que havia na cidade de Nashua. Pronto, entrou no roteiro. Comprando os dois artigos em New Hampshire, a economia seria de pouco mais de 8%, que o valor do imposto em Nova York. Ou seja, só nesses dois produtos, seria uma economia de mais de US$ 100

Como ir para New Hampshire

Primeiro, vou te contar onde New Hampshire fica. Está entre os Estados de Vermont, Massachusetts e Maine. Ainda, faz fronteiro com o Canadá. A cidade de Nashua, que é a qual eu parei, fica bem pertinho de Boston, Massachusetts, a apenas 72,7 quilômetros. Da cidade de Nova York está a 379 quilômetros, de Providence, em Rodhe Island são 149 quilômetros e de Montreal, Canadá, são 441 quilômetros.

Mais ao norte de Nashua, tem o Merrimack Premium Outlets. Apenas 9,6 quilômetros separam os dois locais. O ideal seria se hospedar em Nashua e deixar um dia para a cidade e outro para ir até o outlet, que tem quase 80 lojas. Indico, claro, que vá de carro alugado para poder fazer todo o roteiro tranquilo.

Localização de New Hampshire tirada do Google Maps

Distância de Nashua para grandes cidades

Nova York – 379 km

Boston – 72,7 km

Providence  – 149 km

Montreal, Canadá – 441 km

Nashua: Disney das compras

No nosso itinerário, ingenuamente, colocamos uma paradinha de três horas, no máximo, em Nashua. Sim, fomos ingênuos, não conhecíamos a cidade e achamos que era só uma passadinha na loja da Apple em um shopping e outra na Best Buy e, pronto, seguiríamos para o Estado de Nova York. Que engano! Quando começamos a ver os preços de tudo, enlouquecemos.

A Best Buy (na 220 Daniel Webster Hwy) tem os preços iguais a de outros locais nos EUA, mas o legal é que não tem o imposto. Ao lado dela, tem as farmácias CVS e Wallgreens. Amo essas drogarias, tem muita maquiagem e produtos para cabelo, dei uma passadinha na CVS e fiz compras.

O shopping que tem a Apple é  Pheasant Lane Mall. Ele tem 135 lojas. São preços de shopping mesmo, não de outlet, porém, como era troca de coleção, acabamos encontrando preços ótimos de roupas. Eu sou gorda e lá tem três lojas específicas para o público plus size: Lane Bryant, Torrid e Talbots. A Torrid, por exemplo, estava com uma promoção incrível: comprava três peças de inverno e só pagava o valor da mais cara. Comprei dois casacos e uma blusa de frio por US$ 50, detalhe, sem imposto. Só um dos casacos que comprei, o valor normal, fora da liquidação, era mais de US$ 140.

Para completar a loucura do Pheasant Lane Mall, ainda tem um supermercado Target. Bom, entramos e compramos várias coisas. Ainda passei na loja Bath and Body Work, de hidratantes, que amo. Tem em quase todo lugar dos EUA, mas quis aproveitar a ausência do imposto.

Uma das entradas do Pheasant Lane Mall

Já com o tempo estourado, resolvemos dar uma voltinha pela cidade. Acredito que ela seja um destino famoso de compras pela região. Como está pertinho da fronteira com Massachusetts, percebi que muita gente sai do Estado vizinho para comprar lá. Com isso, óbvio, há muitas lojas pela cidade. Paramos em pelo menos duas espécies de pequenos shoppings a céu aberto, uma delícia. O triste é que tivemos que sair correndo para continuar nossa viagem.

Não fui ao Merrimack Premium Outlets e me arrependo. Acabei indo ao Woodbury Premium Outlet no Estado de Nova York, que cobra imposto. O Merrimack tem quase 80 lojas e o Woodburry umas 220, por ter mais opções de compra e pelo tempo reduzido, tivemos que escolher só um, que foi o Woodbury, que é ótimo, mas também queria ter conhecido o outro.

Achei que vale muito a pena ir até Nashua, New Hampshire. Espero voltar à cidade em breve para fazer mais compras. Se passarem por lá, me contem!

PS: Desculpem as poucas fotos e de qualidade ruim, além daquelas de divulgação. Esse não é o perfil do blog, mas ficamos tão empolgados que não nos lembramos de registrar os lugares.

 

Texto e fotos: Sylvia Barreto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s