Passeio de barco em Paraty

Nunca havia me hospedado em Paraty (RJ). Só havia passado na cidade algumas vezes, ali no centrinho histórico, quando estava em outros destinos ali perto, como Ubatuba (SP) e Angra dos Reis (RJ). Na virada de 2017 para 2018, meu noivo, Rodrigo, e eu decidimos reservar uma pousada por lá. Ele já conhecia bem, tinha ido mergulhar algumas vezes e disse que nós não poderíamos deixar de fazer pelo menos um passeio de barco.

Vista de Paraty do barco

Passamos em algumas agências de turismo na cidade e optamos pela Paraty Tour. Ela é bem grande, fica no centro, um pouco antes de chegar na parte das ruas de pedra. A empresa oferece vários tipos de passeios no mar, seja de lancha privativa ou escuna. Optamos pela escuna Netuno IV que tem paradas na Lagoa Azul, Praia Vermelha, Praia da Lula e Ilha Comprida. Escolhemos esse roteiro porque é o mais pedido. O valor cobrado foi de R$ 60 por pessoa.

Uma coisa que sempre perguntamos em passeios de escuna é a capacidade de passageiros e como está a ocupação. A Netuno IV leva até 120 clientes e estava só com metade das reservas feitas na tarde anterior ao passeio. Geralmente, escolhemos barcos menores ou, quando grandes assim, perguntamos se está muito cheio, porque às vezes, há escunas lotadas e é bem ruim, fica uma bagunça e não há muitos bons lugares para sentar.

A Netuno IV sai do píer de Paraty às 10h00. Também optamos por uma escuna que sai no primeiro horário porque quase todos os dias estava chovendo à tarde e também porque as paradas costumam estar mais vazias quando vamos cedo. Devia ter umas 80 pessoas na embarcação e estava lotada, imagina com 120! Por isso é sempre bom perguntar. O retorno acontece por volta das 16h00.

Netuno IV, barco no qual fizemos o passeio

A embarcação tem dois banheiros, bar e cozinha. Logo quando entramos já nos entregam o cardápio para que os pedidos do almoço sejam feitos. Há opções de porções e pratos, os preços não são abusivos. Optamos por uma porção de isca de peixe e outra de mandioca. Ambas estavam boas, mas a de peixe era melhor. O almoço acontece quando o barco para em Ilha Comprida, mais para o meio do passeio.

Todas as paradas são incríveis. Nas duas praias, a escuna para e podemos chegar até a areia nadando ou de bote. Levamos snorkel e conseguimos ver vários peixinhos, as águas são transparentes. Quem não tem o equipamento pode alugar na escuna. Além das águas cristalinas, a vegetação é incrível, abundante e bem verdinha.

Uma das belas paradas do barco

Navegando

Lagoa Azul

É bem fácil ver peixinhos até sem snorkel

Em uma das paradas, fiquei pensando que Paraty “não deve nada” para o nordeste brasileiro nem para Ilha Grande, em Angra dos Reis. Para quem mora em São Paulo, por exemplo, quando não der para ir até o nordeste, Paraty é a aposta e nem precisa pegar avião. As paisagens são fantásticas e a natureza é exuberante. Rodrigo tinha razão, fazer um passeio de barco em Paraty é mesmo imperdível.

Nós e o paraíso ali no fundo

Serviço

Paraty Tour

Site: www.paratytours.com.br

Endereço: Av. Roberto Silveira, 479, Centro, Paraty-RJ CEP 23.970-000

Telefones: (24) 3371 1327 / 3371 2651 / 3371 6112 / 99974 2734

Skype: reservas.paraty.tours

Email: contato@paratytours.com.br

Texto e fotos: Sylvia Barreto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s