Ecoturismo em Visconde de Mauá

Passeio pelo Vale do Pavão

Não é de hoje que sou apaixonada por Visconde de Mauá. A primeira vez que fui foi em 2015 e fiquei encantada. Visconde de Mauá, na verdade, é um distrito de Itatiaia (RJ), mas a denominada região engloba também parte de Minas Gerais e ganhou fama, não era para menos. Com restaurantes deliciosos, pousadas charmosas e muita natureza, agrada diversos tipos de viajantes.

Apesar de acabar fazendo muitos passeios de natureza e aventura para escrever no site e no blog, sou um pouco preguiçosa para fazer trilhas, confesso. Por isso, foi difícil sair da cama da pousada em um sábado de manhã e partir para o passeio do Vale do Pavão com a Remorini Ecoaventuras.

Rodrigo (que faz essas fotos lindas para o blog) e eu fomos de carro da nossa pousada até a sede da Remorini, que fica bem na Vila de Maringá, lado Rio de Janeiro. Porém, a agência também busca os turistas em alguns hotéis. Saímos de 4×4 com a guia Julia, que é ótima guia, nasceu em Visconde e sabe tudo de lá.

O passeio

O roteiro do Vale do Pavão começa cedo, por volta das 09h00, mas esse horário, às vezes, varia. O carro sobe até o Mirante do Vale do Pavão, esforço zero, só a sacolejadas do veículo mesmo, a estrada não é fácil. Tem uma paradinha para ver a vista linda do alto da Serra da Mantiqueira.

Depois dessa paradinha, seguimos rumo ao Poço do Marimbondo. O carro é estacionado na estrada e começa uma trilha, bem demarcada, com escadinhas e muito fácil. Mesmo preguiçosa, nem reclamei na descida. Pois é, na ida, só descida. Apesar de ser bem fácil e durar apenas uns 20 minutos, vá com um tênis pelo menos. Vejo muita gente, em Visconde de Mauá inclusive, fazendo trilhas com calçados inadequados, até de salto! Um passo em falso e, pronto, cai e estraga o passeio.

Primeira paradinha, mirante

O Poço do Marimbondo é bem tranquilo, a água geladinha. Há algumas pedras bem grandes e dá para ficar descansando nelas. Na volta, a subidinha, para uma sedentária como eu, cansa um pouco, mas nada exagerado.

Muitas pessoas fazem esse passeio todo caminhando desde a vila e, algumas, com carros comuns. Caminhar todo o trajeto, passando pelo Mirante, sinceramente, é bem puxado. De carro comum, lembre-se que a estradinha não é das melhores, só vá sem agência se tiver um veículo bem alto e, de preferência, 4×4.

Mais um pouco do visual lindo de Visconde de Mauá

A vista do mirante

Clique do Rodrigo quando eu saía do mirante

O Poço do Marimbondo

Rodrigo se enfiando nas pedras, como ele gosta

Quer saber mais sobre Visconde de Mauá? Veja matéria completa aqui

Serviço

Passeio Vale do Pavão

Agência Remorini Ecoaventura

Site: www.remoriniecoaventuras.com.br

Valor: R$ 100 por pessoa (valor checado em março de 2017)

Duração: três horas e meia

Telefones: (24) 3387 1011 / (24) 99902 8465

Texto: Sylvia Barreto

Fotos: Rodrigo Barrionuevo

* A equipe do Viajar é Simples (repórter e fotógrafo) viajou a convite da região de Visconde de Mauá

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s